Homem leva lanche para pessoas que estão na fila para receber o Auxílio Emergencial


A realidade das pessoas ficando horas na fila para pegar o auxílio emergencial do Governo na Caixa Econômica Federal na Praia Grande (SP) sensibilizou o aposentado Gernivaldo Siqueira.

Ele começa a fazer o lanche bem cedo. Abastece a caixa térmica que fica sobre sua bicicleta, coloca a máscara de proteção e segue para o seu destino.

“Quando a gente faz um ato, não importa o tamanho, você consegue levar vida pra pessoa. Um pedaço de pão, um copo de achocolatado, faz a pessoa sorrir. Tem pessoa que vive num mundo de tristeza e um gesto faz ela sorrirE eu consigo sorrir junto com ela.” 😭

idoso levando lanche pessoas auxílio emergencial caixa econômica federal
Gernivaldo leva lanche para pessoas que buscam auxílio emergencial do Governo na Caixa Econômica Federal na Praia Grande, litoral de São Paulo. Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau

No começo, Gernivaldo pagava do próprio bolso os itens do lanche. Mas com a repercussão da boa ação nas redes sociais, começou a receber doações.

“Alguns amigos começaram a fazer doação e não faltou até hoje. Quanto tá acabando o leite, vem um e faz a doação. Quando zera tudo, eu vou lá e compro, sabe? Mas eu não tenho gastado muito do meu recurso, mesmo porque ele é pouco”, comenta.

E sabe o que Gernivaldo mais quer? Inspirar mais gente a estender a mão para quem mais precisa.

Seja doando lanche para pessoas que buscam auxílio emergencial ou com o Bazar Solidário que ele realiza.

“Esses dias eu levei o meu Bazar Solidário pra rua. Conseguimos arrecadar roupas e fazer as doações. Muita gente levou camiseta, calça, bermuda. Foi muito bom! Se você tem roupa em casa que não usa, passa pra frente. Vai vir outra nova. Quando a pessoa consegue doar, ela se liberta!

idoso levando lanche pessoas auxílio emergencial caixa econômica federal

Sonho

“Eu tenho o sonho de montar um abrigo para pessoas em situação de rua. Onde eu possa estar mais próximo dessas pessoas e libertá-las de vícios. É um trabalho que eu já faço. É difícil, mas nada que o amor não consiga.”

Fonte: via


Redação

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *