Casal estava sem nada para fazer na quarentena e construiu uma pirâmide de 9m de altura em casa


Muitos que ficaram presos em casa durante o isolamento social causado pelo coronavírus tiveram que enfrentar um inimigo inesperado: o tédio. Por causa de tal inimigo, muitos inventam o que fazer, como hobbies, tais quais exercícios, pesca, geringonças eletrônicas feitas na garagem, tricô, réplicas de 13m da Grande Pirâmide de Gizé, etc.

Esse casal russo optou pela última opção, e começou a fazer uma réplica perfeita da Grande Pirâmide de Gizé. O complexo piramidal de Gizé é composto de diferentes pirâmides, e a maior delas, a Grande Pirâmide, ou, mais exatamente, a Pirâmide de Quéops, tem 138,8m de altura (ela reduziu com o tempo. Originalmente tinha 146,7m).

O casal, que gosta destas coisas relacionadas à religiosidade egípcia, começou a fazer a própria pirâmide, tendo como base a Pirâmide de Quéops, no próprio quintal. Com aproximadamente 1/19 da altura da original, o casal empreendeu grande esforço pra finalizar o trabalho.


A pequena vila de Istinka, a 12km de São Petersburgo, na Rússia, obviamente ficou maravilhada com a construção. São 9 metros pra cima do chão, e 9 metros subterrâneos. O casal usou 400 toneladas de tijolos de concreto.

Andrey e Victoria Vakhrushev, o casal responsável pela obra, comentam que apesar da diferença de tamanhos, as estruturas são muito similares. De acordo com os dois, todos os detalhes foram observados, e eles passaram anos observando tudo o que havia de ser observado sobre a Pirâmide. Além do mais, eles alegam que visitaram a Pirâmide de Quéops diversas vezes pra ver se tudo estava indo de acordo com o escopo.


O que a muitos pareceu primeiramente fruto de um tédio de quarentena, na verdade é um projeto muito bem planejado. “Eu estava realmente me esforçando pra alcançar as proporções perfeitas, com precisão de centímetro, na altura certa, sem erros que passassem de um ou dois centímetros”, comentou Andrey.

Eles procuraram então uma empresa que aceitasse fazer tudo de acordo com o projeto, e muitos rejeitaram, mas um aceitou porque achou que seria divertido. Em março, ficou pronta. A Euronews caracterizou a coisa como uma coisa excêntrica feita por um casal entediado, mas a mídia russa aponta agora pra uma tentativa do casal de promover a cidade como um centro religioso e esotérico. 


Por exemplo, a Nevsky News mostra Andrey falando que os trabalhadores que se machucaram durante a construção da pirâmide foram curados milagrosamente. Já a Metro News mostra o casal dizendo sobre as propriedades mágicas da pirâmide, e que ela protege contra doenças, etc.
Quer experimentar as “propriedades mágicas” da pirâmide? O casal cobra só 10.000 rublos pra isso. Hmmmmmmmm

Fonte: via

Imagem: Reprodução


Redação

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *